VALEROL®

Valerato de Estradiol.

Resumo da bula

Composição:
Cada 100 mL contém:
Valerato de Estradiol ……….0,25 g
Veículo q.s.p…………………..100 mL

Indicação:
Indicado para induzir a atresia folicular, com consequente surgimento de nova onda de
desenvolvimento folicular, e a sincronização da ovulação, podendo ser utilizado em protocolos
de Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) e de Transferência de Embriões em Tempo Fixo
(TETF). O produto promove a luteólise em vacas ciclando independente do momento do ciclo
estral, provocando redução da função e atividade do corpo lúteo entre os animais tratados.
Valerol® é também indicado para promover a indução da lactação de fêmeas não gestantes e
não lactantes, quando empregado em um protocolo específico.

Dosagem e Via de Administração:
Para induzir a luteólise, atresia dos folículos e emergência de uma nova onda de
desenvolvimento folicular e ovulação sincronizada, administrar 2 mL de Valerol, pela via
intramuscular, no dia da inserção do dispositivo de progesterona (Dia Zero), conforme o
seguinte protocolo:

D0= Inserção do Dispositivo de P4 + 2 mL de Valerol
D+9= Remoção do Dispositivo de P4 + Administração de eCG
D+11= IATF=(56 horas após a retirada dos dispositivos de P4 ( progesterona))

Para induzir a lactação, administrar pela via intramuscular 2 ml, 2,5 mL ou 3,0 mL de Valerol em
animais de até 500, entre 500 e 700 e acima de 700 Kg de peso corpóreo (PC), respectivamente,
conforme o seguinte protocolo:

D0= Colocação do Dispositivo P4 + Valerol + bST
D+2= Valerol
D+4= Valerol
D+6= Valerol
D+8= Valerol + bST
D+10= Valerol
D+12= Valerol
D+14= Valerol + bST
D+15= retirada do dispositivo P4 + Valerol + PGF+ DXM
D+16= Valerol + DXM
D+17= Valerol + DXM
D+18= iniciar as ordenhas diárias
D+28 e a cada 14 dias= bST

P4 = progesterona;
bST = somatotropina bovina recombinante;
PGF = análogo de prostaglandina;
DXM-= dexametasona.

Precauções:

• Tratar apenas animais saudáveis;
• O estado nutricional e o manejo dos animais podem interferir na resposta do animal ao
produto, podendo levar a resultados insatisfatórios;
• Administrar o produto apenas pela via e dose recomendadas;
• Utilizar agulhas e seringas esterilizadas, mantendo as boas práticas de higiene e assepsia para
medicamentos injetáveis;
• Manuseie o produto com muito cuidado para evitar exposição pessoal ao produto, tomando
todas as precauções recomendadas;
• Mulheres grávidas não devem manusear o produto;
• Usar equipamento adequado de proteção (luvas);
• Lavar as mãos com água e sabão após o manuseio do produto;
• Evitar o contato com a pele e olhos. Se ocorrer exposição acidental na pele lavar a região
afetada com água corrente e sabão. Se ocorrer exposição acidental nos olhos, lavá-los
imediatamente com água limpa;
• Não comer, beber, nem fumar durante a aplicação;
• Não reutilizar a embalagem vazia;
• Qualquer produto veterinário não utilizado ou material residual derivado de tal produto deve
ser descartado de acordo com a regulamentação local.

Contraindicações:
Não utilizar em caso de hipersensibilidade aos componentes da fórmula.
Não administrar em fêmeas prenhes e em animais sexualmente imaturos.

ATENÇÃO – OBEDECER AOS SEGUINTES PERÍODOS DE CARÊNCIA :
BOVINOS :

ABATE: CARÊNCIA ZERO.
LEITE: CARÊNCIA ZERO.

A UTILIZAÇÃO DO PRODUTO EM CONDIÇÕES DIFERENTES DAS INDICADAS NESTA BULA PODE CAUSAR A PRESENÇA
DE RESÍDUOS ACIMA DOS LIMITES APROVADOS, TORNANDO O ALIMENTO DE ORIGEM ANIMAL IMPRÓPRIO PARA O
CONSUMO.

Conservar em temperatura ambiente (15°C a 30°C), em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar,
fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Depois de aberto, o produto deve ser conservado em temperatura ambiente (15°C a 30°C) e
utilizado em um período máximo de 42 (quarenta e dois) dias;

Apresentação: Frasco 100 mL.

Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do Médico Veterinário.