Resumo da Bula

Cães

Classe de Produto

FÓRMULA:
Cada 1 g do produto contém:
Fluralaner ...........................................................136,4 mg
Excipientes q.s.p. ....................................................1,0 g

INDICAÇÕES:
Para o tratamento de infestações por carrapatos e pulgas, em cães, proporcionando 12 semanas de proteção. Esse produto veterinário é um inseticida e acaricida sistêmico com longa duração de ação que promove eficácia imediata e persistente por 12 semanas contra carrapatos (formas adultas e jovens de Ixodes ricinus, Ixodes hexagonus, Ixodes scapularis, Ixodes holocyclus, Dermacentor reticulatus, Dermacentor variabilis e Rhipicephalus sanguineus) e pulgas (Ctenocephalides felis e Ctenocephalides canis).
Pulgas e carrapatos devem estar aderidos ao cão e iniciar a alimentação para serem expostos ao princípio ativo. O início da ação é dentro de 8 horas para pulgas e 12 horas para carrapatos.
O produto controla eficazmente as populações de pulgas no ambiente, nas áreas às quais o cão tem acesso.
O produto pode ser utilizado como parte de uma estratégia de tratamento para a dermatite alérgica à picada de pulgas.

VIA DE ADMINISTRAÇÃO, DOSAGEM E MODO DE USAR: 
Comprimido mastigável para administração oral.
Dosagem:
BRAVECTO™ comprimidos mastigáveis deve ser administrado de acordo com a tabela a seguir (equivalente a 25-56 mg fluralaner/kg peso corporal dentro de cada faixa de peso).

Peso (kg) dos cães

Número e apresentação do comprimido a ser administrado

Bravecto 112,5 mg

Bravecto 250 mg

Bravecto 500 mg

Bravecto 1000 mg

Bravecto 1400 mg

2 – 4,5

1

 

 

 

 

>4,5 - 10

 

1

 

 

 

>10 - 20

 

 

1

 

 

>20 -40

 

 

 

1

 

>40 - 56

 

 

 

 

1


Para cães com mais de 56 kg, utilizar uma combinação de dois comprimidos que mais se aproxime do peso corporal.

Modo de usar:
Os comprimidos não devem ser quebrados ou divididos.
Administrar BRAVECTO™ comprimidos mastigáveis no ou por volta do horário de alimentação.
BRAVECTO™ é um comprimido mastigável que é bem aceito pela maioria dos cães. Se um comprimido não for ingerido voluntariamente pelo cão pode ser fornecido na alimentação ou diretamente na boca. O cão deve ser observado durante a administração para confirmar que o comprimido foi ingerido.

Esquema de tratamento:
Para o controle ideal de infestações por pulgas e carrapatos, o produto deve ser administrado em intervalos de 12 semanas. BRAVECTO™ comprimidos mastigáveis deve ser administrado 4 vezes num intervalo de 1 ano (12 meses) para garantir máxima proteção ao cão.

PRECAUÇÕES:
•Manter o produto na embalagem original até sua utilização, a fim de evitar que crianças tenham acesso direto ao produto.
•Não comer, beber ou fumar enquanto manusear o produto.
•Lavar bem as mãos com água e sabão imediatamente após o uso do produto.
•Restos do produto ou embalagens vazias devem ser descartados de forma adequada, de acordo com as exigências locais.
CONTRAINDICAÇÕES:
•Não utilizar em caso conhecido de hipersensibilidade aos componentes do produto.
•A segurança do produto não foi estabelecida em cães com menos de 8 semanas de idade ou com peso inferior a 2 Kg.
•O produto não deve ser administrado em intervalos com menos de 8 semanas já que a segurança para intervalos mais curtos não foi testada.
•O tratamento reduz o risco de transmissão de doenças causadas por carrapatos e pulgas devido ao rápido início da ação acaricida e inseticida. Os parasitos precisam iniciar a alimentação no cão para serem expostos ao fluralaner, portanto o risco de transmissão de doenças causadas por carrapatos e pulgas não pode ser excluída em condições desfavoráveis.
•Fluralaner se liga às proteínas plasmáticas e pode competir com outros fármacos ligantes como anti-inflamatórios não esteroidais e o derivado de cumarina warfarin. Incubação de fluralaner na presença de carprofeno e warfarin no plasma de cães em concentrações máximas não reduziu a ligação às proteínas do fluralaner, carprofeno ou warfarin. Nos estudos clínicos, nenhuma interação entre o BRAVECTO™ comprimidos mastigáveis e produtos veterinários usados na rotina foram observados.
EFEITOS COLATERIAIS:
Casos raros (1,6%) de reações gastrointestinais leves ou transitórias como diarreia, vômito, inapetência, salivação relacionados à administração do produto foram observados nos estudos clínicos.

APRESENTAÇÕES: 
Cartuchos contendo 1, 2 ou 4 comprimidos mastigáveis de 112,5 mg (cães entre 2 e 4,5 Kg); 250 mg (cães entre 4,5 e 10 Kg); 500 mg (cães entre 10 e 20 Kg); 1000 mg (cães entre 20 e 40 Kg) ou 1400 mg (cães entre 40 e 56 Kg).